Conheça o cronista – Tiago Pedroso

Tiago Pedroso é empresário, casado e pai de três meninas. Vive em Porto Alegre. Participou da Oficina Santa Sede Crônicas de Botequim, Safra 2013, que também é realizada em um bar. E, garante, está bebendo cada vez melhor. Sério. Introvertido. Matando um leão por hora para garantir um futuro digno e, também, sustentar esse aí de baixo.

Tiago Maria. Reacionário. Cara de pau. Vive em estado de poesia. Relapso. Altamente apaixonável. Esse, sim, capaz de fazer rir até mesmo as famílias que rezam juntas. Bom observador. Ótimo ouvinte. Ambiente ideal: roda de amigos. Escreve para livrar-se desse aí de cima.

Tiago Pedroso

Ensimesmado

                         ‘De mim, a quem desconheço totalmente, 

falo de cadeira.” (Antônio Maria)

Olhando daqui, do subsolo no fundo do poço do meu umbigo, tenho a visão perfeita do universo orbitando meu ventre. Os outros? Esqueçam os outros, dizendo mentiras sobre outros mentirosos. Não sinto pela vida alheia uma faísca sequer de interesse. Só tenho olhos pra mim.

Falando sobre mim mesmo, posso, sem culpa, cometer injúrias. Já me confessei todos os pecados. Perdoei-me de alguns. Só não esperem aqui meias verdades. É mentira completa ou nada. Munido dessa falsa autoimagem, não me aflige a fidelidade dos fatos – é selfie pra que te quero.

Mora comigo, do outro lado do espelho, um ranzinza narciso convicto. Diariamente, discutimos nossos rumos. Quando há desacordo, são mais sete anos de azar. Meu eu invertido, atrás da moldura, por piedade, reflete o contrário do que sinto. E, se me é honesto, ordeno: traga meu coração em uma bandeja.

Estou sempre em primeiro lugar. E em segundo. E terceiro. Aliás, só existo eu na corrida. Nos três níveis do pódio. Os outros? Retardatários. No pelotão de elite, só eus. Na equipe de apoio, eu. Na linha de chegada: eu, de braços abertos me recebendo exaurido. Competindo comigo, só tenho a ganhar. Somos campeões desde o útero – todos eus.

Qualquer dia desses, falando comigo a respeito de mim, te peço opinião. Só, por favor, não me sejas sincero. Minta. Mentiras vestidas e bem passadas. Da verdade, quero a distância silenciosa. E os outros? Que digam o que quiserem. Mas, enquanto estiver vivo, as mentiras sobre mim conto eu.

Anúncios

2 comentários sobre “Conheça o cronista – Tiago Pedroso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s